Como iniciar sua jornada Cloud

Cloud é um assunto que permeia qualquer análise básica sobre estruturas empresariais no cenário atual. A razão disso é a total estabilização dessa tecnologia e a adesão em massa de empresas que têm migrado para ela. Hoje, não há mais dúvidas: além de viável, é muito recomendado optar pela tecnologia cloud para estruturar toda a operação e o armazenamento de dados de empresas.

Chegar ao cenário ideal é o que toda empresa quer, tendo toda sua realidade baseada em tecnologia cloud, no entanto, o processo que leva a esse patamar não é simples. O que chamo de jornada cloud é a etapa do processo em que toda a migração é realizada. O mais recomendado é que sejam, primeiramente, entendidas as necessidades do negócio, para, então, começar o trabalho.

Neste post explicarei um pouco mais sobre como a tecnologia cloud pode ser vantajosa para a gestão da sua empresa, incluindo custos e segurança. Veja também como conduzir essa jornada!

 

As vantagens de investir em uma estrutura cloud

O crescimento da adesão à tecnologia cloud é baseado em motivos bem sólidos e convincentes. Para entender melhor, basta traçar um paralelo com o uso pessoal do cloud computing. É simples, seguro e prático salvar fotos e documentos usando uma infraestrutura cloud em vez de armazenar esses conteúdos em HDs e pen drives.

O mesmo se aplica em infraestruturas mais complexas, como uma operação inteira de uma empresa. Os dados corporativos, internos ou de clientes, precisam estar seguros e longe de estruturas físicas que podem ser facilmente invadidas.

Da mesma forma, softwares e aplicações que rodam a partir de clouds têm melhor desempenho do que se estão instalados em HDs, dependendo também da capacidade de processamento de hardwares. Na prática, tudo se torna mais fácil, ágil e seguro — por isso, a cloud é uma opção concreta para que empresas estruturem todas as suas necessidades, desde dados até softwares.

A seguir, entenda em algumas perspectivas como investir em infraestrutura cloud pode gerar bons resultados e vantagens competitivas para um negócio!

 

Adequação da infraestrutura em cloud

Um dos pontos mais interessantes da migração de uma infraestrutura tradicional para cloud é a possibilidade de simplesmente adequar grande parte da operação à nuvem. Uma grande parte das aplicações utilizadas já têm suas versões rodando diretamente em cloud, o que é muito benéfico.

Outra questão importante é a quantidade de dados que a empresa retém em sua gestão e usa nas atividades diárias. Eles, independentemente do volume e de quanto espaço ocupam, podem ser todos transferidos de forma segura, ficando armazenados em cloud. O uso a esses softwares e dados é ágil e feito por políticas de acesso.

 

Escalabilidade

Empresas estão sempre visando crescer, o que também está associado à expansão de sua infraestrutura de trabalho. Pensando em uma organização tradicional, pode ser muito mais caro investir em novas máquinas, mais licenças de aplicações e equipamentos a fim de que esse crescimento seja concretizado. No entanto, em um cenário em cloud isso não é necessário.

Uma cloud é adquirida por contratação, ou seja, você escolhe o tamanho do ambiente online que deseja para migrar todas as suas aplicações e dados. Sendo assim, se a sua empresa resolver expandir, a qualquer momento você pode entrar em contato com o fornecedor do serviço e solicitar um ambiente de cloud com maior capacidade. Escalar nunca será um problema!

 

Tolerância à falha

Falhas podem acontecer em qualquer ambiente, mas a reação a elas é bem diferente quando estamos falando de cloud. Por exemplo, a falha em um hardware pode levar à perda de dados importantes e a problemas de funcionamento que atrapalham a produtividade da empresa.

As nuvens têm uma tolerância à falha muito maior, até mesmo com capacidade de correção e restauração. Esse dinamismo, contudo, requer uma pessoa qualificada para estar à disposição da empresa, o que gera custos. Ainda assim, é um grande benefício em longo prazo.

 

Custo sob demanda

Você paga pelo quanto for necessário para a sua empresa. A transição para um ambiente cloud vai demandar um espaço relacionado ao tamanho da infraestrutura atual da empresa, então, cada cloud contratada terá um preço diferente, o que depende da exigência do negócio.

Portanto, nunca é possível definir exatamente qual será esse custo. Para algumas empresas ele será alto, enquanto para outras, nem tanto. O investimento varia de acordo com a necessidade de dimensão cloud que cada negócio apresenta.

 

Os principais cuidados durante a jornada cloud

Uma transição eficaz depende de uma análise detalhada do que a empresa tem hoje e o que ela espera. É fundamental ser criterioso e saber que, apesar de a jornada cloud ser um processo necessário, também trará alguns desafios na sua execução. A seguir, veja os cuidados principais e necessários para que essa etapa do trabalho seja a mais positiva possível!

 

Diagnosticar a situação da empresa

Um diagnóstico preciso deve ser baseado em uma análise aprofundada da situação atual da empresa, considerando para onde ela pretende ir. Com isso, é fundamental destrinchar os objetivos e de que forma a jornada cloud ajuda a alcançá-los.

Além disso, é importante se certificar de que a mudança para cloud é aceita amplamente, já que esse processo será impactante e deve ser compreendido por todos. Por fim, o trabalho também precisa ser devidamente arquitetado junto ao prestador que fará a migração.

 

Entender as melhores opções de cloud

Pesquise bem antes de fechar negócio. Essa dica que dou é importante para que sua empresa esteja certa de que contará com todo suporte durante o processo, além de saber que o serviço estará em um ambiente seguro, eficaz e gerido por pessoas competentes.

Com a crescente no mercado cloud, há muitas empresas oferecendo a migração e a gestão de infraestruturas. Busque referências e avaliações de clientes antes de decidir qual companhia será responsável pelo processo.

 

Buscar uma análise técnica

A análise técnica é o que ajudará a entender se a jornada cloud não vai ocasionar nenhum problema na operação, seja durante o processo, seja posteriormente. É fundamental checar se toda a estrutura atual vai se adequar perfeitamente à cloud e se funcionará sem restrições.

A equipe de TI precisa se reunir e fazer uma análise aprofundada avaliando todas as exigências que a operação da companhia tem. Só assim é possível tomar decisões acertadas.

 

Realizar uma análise financeira

Um ambiente cloud requer investimentos e esses valores devem ser devidamente avaliados pela empresa. É importante realizar um movimento que não gere custos além do que pode ser pago, ainda que haja a certeza de que a migração é fundamental.

Outra questão necessária é o levantamento de dados financeiros que ajudem a entender quais economias a migração para cloud gera em longo prazo. Assim, a aprovação pode ser mais facilmente concedida por gestores e diretores.

Buscar um prestador de qualidade é importante, especialmente por conta da operação que ele realiza. A JLCP é uma empresa especializada que pode conduzir essa jornada cloud de maneira dinâmica e segura. Além disso, a empresa estabelece sua cloud no Amazon Web Service (AWS), uma das nuvens mais bem-avaliadas atualmente e com ampla capacidade técnica.

Entre em contato com a JLCP e entenda como podemos ajudar sua empresa a mudar para cloud!

Deixe uma resposta